receba newsletter

Governança de TI verde

Notícias

Mônica Mancini

Conforme vimos no artigo anterior, a Governança Corporativa e Sustentabilidade são fundamentais às empresas, pois exige um modelo de negócios inovador, ético, transparente e sustentável. Porém, em virtude dos problemas ambientais causados pela intervenção humana nos diferentes ecossistemas da Terra, que causa desequilíbrios no meio ambiente e compromete a qualidade de vida, como a Governança de TI verde pode contribuir para o desenvolvimento sustentável das organizações e da sociedade ?

Segundo o IT Governance Institute (2003), a Governança de TI é parte integrante da Governança Corporativa. Ela é de responsabilidade da alta administração - diretores e executivos - e consiste na liderança, nas estruturas organizacionais e nos processos que garantem a empresa seja sustentada pela TI em suas estratégias e objetivos organizacionais. Isso significa que a Governança de TI busca o compartilhamento de decisões de TI e o alinhamento da tecnologia com os requisitos de negócios com todos os dirigentes da organização, a fim de prover produtos e serviços com qualidade, agilidade e competitividade. Governar o uso da Tecnologia não é somente a implantação dos modelos de melhores práticas, como o Cobit, ITIL, entre outros, mas como utilizar efetivamente a tecnologia para alavancar o negócio.

Governança de TI, Consultoria em Projetos

Figura: Governança de TI Verde - desafios e impactos organizacionais
Fonte: Internet 

As organizações inseridas na Governança Corporativa de TI com vistas a responsabilidade social e sustentabilidade estão preocupadas como gerir os seus negócios com menor impacto ambiental. Neste cenário, surge a Governança de TI verde. A TI verde propõe utilizar a tecnologia para alavancar o negócio sem agredir o meio ambiente por meio de: 1) uma prática sustentável de produção, 2) descarte inteligente dos equipamentos eletrônicos e 3) economia de energia elétrica, a fim de reduzir custos operacionais e aumentar os lucros.

A Governança de TI verde pode contribuir para o desenvolvimento sustentável das organizações e da sociedade da seguinte forma:

  1. Prática sustentável de produção: fabricar e produzir produtos eletroeletrônicos com métodos menos nocivos à natureza, reduzindo os níveis de substâncias químicas.
  2. Descarte dos equipamentos eletrônicos: reciclar ou doar equipamentos obsoletos e, não descartá-los em aterros sanitários comuns, caso contrário, esses equipamentos poderão contaminar o solo e a água, devido as substâncias químicas contidas nos hardwares.
  3. Economia de energia elétrica: investir na modernização de um “Datacenter verde” para reduzir o consumo da energia elétrica e a emissão de dióxido de carbono (CO2) na natureza através de algumas ações:
    1. Hardware: implementar novas soluções no gerenciamento da infra-estrutura de TI, como consolidação de servidores, refrigeração por convecção, entre outros. Atualmente, os computadores gastam alguns watts de eletricidade sob a forma de calor que precisam ser resfriado por um sistema de ar-condicionado que também gasta energia.

    2. Software: desenvolver programas mais otimizados de processamento para realizar menos operações em uma tarefa, ou realizá-las todas de uma vez para manter o processador em modo de economia de energia por mais tempo. Os softwares desenvolvidos de forma colaborativa, chamados de softwares livres, naturais ou orgânicos, tem crescido constantemente e são referência no processo de otimização.

    3. PC Verde: compra de equipamentos que consomem menos energia e PC´s elaborados com materiais ecológicos.

    4. Impressora Verde: adotar políticas de redução de impressão de papel e investir em tecnologias Gerenciamento Eletrônico de Documentos (GED)

    5. Lixo digital: eliminação do lixo digital, como spam, phishing, spywares, etc. que provocam aumento de processamento e consumo de energia elétrica.

Governança de TI, Consultoria em Projetos

Figura: TI verde
Fonte: Internet

Assim sendo, para gerir os negócios da empresa verde, surge uma nova carreira e perfil profissional na área de TI verde: o gestor de meio ambiente com visão estratégica de negócios, TI e preservação ambiental.

Quando um executivo de TI age de forma consistente em ações de responsabilidade social e sustentabilidade, sua empresa passa a ser percebida com mais valor pelo mercado e pela sociedade e todos ganham com isso: consciência ecológica, melhor qualidade de vida e geração de novos empregos. Portanto, no próximo e último artigo dessa série, exploraremos as ações que estes executivos estão adotando para implementar a Governança de TI verde em suas organizações.

Texto escrito e publicado em: 26 de outubro de 2009, no site Revista Document Management.

MM Project Treinamento e Soluções em TI
Av. Brigadeiro Luiz Antonio, 277 - 6º andar  
Bela Vista - São Paulo - SP  - CEP 01317-000
Tel.:  (11) 3675-9112  / (11) 99166.1234

2016 ® Todos os Direitos Reservados • Design by Ideia On